28 março, 2007

A grande pirâmide

A grande pirâmide foi construída cerca de 2550 A.C.
Um meridiano traçado sobre Gisé divide exactamente os oceanos e os continentes em 2 partes iguais e por isso lhe chamam o umbigo do mundo. A soma dos 4 lados da base (931,22m) dividida por duas vezes o eixo vertical (148,208 X2) é igual a 3,14159ou seja pi.
A altura multiplicada por um milhão dá aproximadamente a distância da Terra ao Sol (149.400.000 quilómetros.
O raio da curvatura da face da pirâmide é igual ao raio da Terra.
…esses egípcios sabiam o que andavam a fazer!!!... conhecimento ou apenas coincidência?

6 comentários:

Amigo sincero Pena Gil disse...

Brilhante Anabela Quelhas:
Acredita-se que foram empregados 100 000 mil homens durante 30 anos a construirem-nas.
Segundo consta, a Grande Pirâmide, como é a de Quéops, é uma das das sete maravilhas de Gisé.
As Pirâmides de Gisé, as mais antigas e sobreviventes das Antigas são a representação de um sonho.
Segundo consta, Na Grande Pirâmide de Gisé, para além da orientação segundo a direcção Norte-Sul, existem outras condutas que nos leva a determinadas zonas do céu...
A maior Pirâmide de Gisé é conhecida como Pirâmide de Khufu.

O que tu me fazes fazer para reparar, compor, a minha imagem perdida de todo?
Admirável, lembrares-te desta relíquia Mundial, brilhante Anabela!
Beijos respeitosos.
Com consideração e muita estima
pena

JotaCê Carranca disse...

posso ir buscar uma calculadora para vos acompanhar no raciocínio?

Rui disse...

O que é mais relevante na pirâmide é o que simboliza, e sempre simbolizou (inclusivé no Egipto) - a estrutura social.
Desde a terra desertificada em baixo, onde a estrutura assenta (o público, dependente e escravizado de variadas maneiras), passando pelas várias camadas ascendentes de suporte da estrutura (militares, burocratas, sacerdotes), até ao topo (a família real e os altos sacerdotes).
Sem esquecer o ápice, invariavelmente adornado com o impagável olho de Hórus, mais conhecido na nossa cultura como Lúcifer.
A pirâmide representa uma prisão, na prática. A grande prisão terrena, sustentada por engano e decepção. Não é de todo coincidência que o símbolo tenha sido trazido em força para este novo século.

a. quelhas disse...

Rui, obrigada pelo comentario. Creio que e´a primeira vez que apareces no estir@dor, e convido-te a voltares sempre.

Anónimo disse...

O olho que tudo vê.
Para os satanistas, degenerados

Anónimo disse...

Na verdade é o olho que tudo vê tem origem maçonica meu caro.