20 março, 2007

Gostei de +


4 comentários:

pena gil disse...

Quantas madrugadas tem a noite?
Sinceramente, confudem-se no tempo. A madrugada espraia-se pela noite de forma constante. A noite é já madrugada quando olho as horas, os momentos, os instantes. Quando ponho os olhos nas horas, a madrugada é noite e a noite é já madrugada. Amo a noite, que se repete sucessivamente em madrugadas.
Sempre a respeitar-te e a estimar-te.
Beijos.
pena gil

JotaCê Carranca disse...

De facto o raio do 'puto' escreve bem mesmo. E não lhe falta imaginação.

pena gil disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
a.quelhas disse...

A remoção da postagem foi realizada a pedido do autor.