11 maio, 2007

Vitorino no teatro da trindade


4 comentários:

JotaCê Carranca disse...

É mesmo impossivel por lá passar. Mas eu gosto muito de lhe ouvir cantar

Poliedro disse...

Como me delicia ouvir o Vitorino.
Um cantor com um passado de lutador. Lutador contra a opressão e um dos obreiros da mensagem da Liberdade.
Nutro por ele grande respeito e enorme admiração.
Tenho alguns CDs com os seus belos temas. Fascinantes!
Estou a adorar o "Cemitério de Pianos". É bem o género de leitura que me apaixona.
Fizeste muito bem em relembrar o inesquecível Vitorino.
Beijos.
pena

Anónimo disse...

Pachos na testa
Terço na mão
Uma botija Chá de limão
Zaragatoas
Vinho com mel
Três aspirinas
Creme na pele....

in"Todos Os Homens São Maricas Quando Estão Com Gripe"

Mª João

Anónimo disse...

Yesssss, Vitorino + Janita!!!!!