19 maio, 2007

O UMBIGO DO MUNDO - quatro


A Fortaleza de Sacsayhuaman tem muros de 500 m de comprimento, de 18 de altura, executado em pedras de tamanhos gigantescos. Só por curiosidade uma delas, estima-se que pese cerca de 190 toneladas. Ora segundo o Sistema Internacional de Unidades, uma tonelada são 1000Kg.


Como se conseguiu empilhar tanta tonelada?
É fácil desenhar uma parede em granito ou noutra pedra, com as peças angulosas, arredondadas, sei lá!!! Manusear o lápis, é fácil. Mas quem já tentou esculpir a pedra, sabe que é extremamente difícil fazer formas angulosas que encaixem perfeitamente, do tipo puzzle ou tipo positivo negativo, isto porque não estamos a falar de argila… estamos a falar de pedras duras, difíceis de talhar… e mais ainda quando lhe adicionamos o factor da TONELADA.
Actualmente, século XXI, temos uma série de tecnologia de corte, de talhe, de serragem e de amaciamento de rochas, e mesmo assim, fazer uma obra desta, provocaria uma interminável dor de cabeça.
Vá lá uma dor de cabeça ciclópea, que daria cabo de qualquer “Cristão”.
Não falemos sequer das pedreiras onde nasceram tais peças megalíticas… parto inconcebível sem explosões massivas de dinamite, nem no transporte, nem na elevação das peças para assentamento no muro.
Vou centrar-me apenas no pormenor dos encaixes das pedras.
Vejam, uma pedrinha facetada, no mínimo terá 12 arestas e 8 vértices.
Quando se pretende executar um ângulo, adiciona-se no mínimo 6 arestas e 4 vértices.
Quando se pretende uma pedrinha como esta:


É quase como facetar uma pedra preciosa – ofício de joalheria.
Oram façam lá as contas!!!! Esta pedrinha tem 12 ângulos numa das faces….. tal e tal e tal…
Só que o problema é que as faces têm que ser planas (lembrem-se da espessura da folha de papel), e as outras pedrinhas que encaixarão à volta terão que estar milimetricamente talhadas para tudo encaixar na perfeição como em Sacsayhuaman.


Só mesmo para rematar…. E a curvatura da face exterior de algumas pedras, que encerram outro grande segredo?


(qualquer coisa com o diámetro da curvatura ser um submultiplo duma distancia astronómica... não sei bem se é, da terra à lua ou se da terra ao sol. Para mim chega!!!!! não sei oque pensar, sinto-me minúscula!!!!)

Mas porque é que eu não decorei as leguminosas, e as explorações de pirite, localizadas lá na esquina do mundo e pronto? Mais preparada estaria para gostar de tremoços e lentilhas! Mas não, continuo no bife com batatas fritas e a pensar em penteados estruturados.


ACABEI!

2 comentários:

Poliedro disse...

Anabela:
Não sei esculpir pedra.
Desconhecia a construção tão exigente e tão imponente da Fortaleza de Sacsayhuaman, que até não sabia que existia.
As construções acredito que não sejam difíceis de consolidar harmoniosamente na companhia de um lápis, mas duras e exigentes de serem talhadas nas pedras.
Fico extremamente triste por não poder acompanhar o teu raciocínio brilhante e impressionante de sabedoria.
Aprendo. E, basta.
Aprendo com humildade, eu que sou um ignorante em tudo.
A comunicação é importante e tento sempre estabelecê-la cordialmente.
Talvez, tivesse errado na profissão que escolhi, mas, sabes, estou receptivo e sempre pronto para que a minha ignorância não seja notada, porque, apesar das humilhações(refiro-me a certos colegas, que não tu) me fazem. Ao menos sorrio, interiormente.
Excelente texto. Parabéns!
Com muita estima.
Beijos Grandes.
pena.

OBRIGADO pelos "mails" enviados.

Anónimo disse...

Ana: As coisas que tu sabes e que tu investigas!e ainda por cima partilhas com n gente!
Muito obrigada.
Inês