06 junho, 2007

Ski dome




Ski Dome:
Construção gigantesca, projectada por Kajima Design, localizada no Japão, com 87.300 m2, complexo de lazer destinada ao exercício de actividades relacionadas, com os desportos de Inverno.

Um verdadeiro frigorífico que custou US$301,000,000 em 1993. É a maior pista para ski fechada e engloba três espaços: para principiantes, intermédios e avançados. Para além da pista há outros espaços de lazer.

As vibrações resultantes da sua utilização convertem esta estrutura, em algo complicado e perigoso que os engenheiros tentam resolver, mas parece que sem sucesso.
Ski Dome fecha em 2001 e é demolida em 2004.


Agora nova versão no Dubai.

4 comentários:

Té la mà Maria disse...

quien construye obras faraonicas siempre terminan mal, no se puede jugar a ser dios

saludos desde Reus Catalonia

Poliedro disse...

Amiga Anabela:
Arquitectos, Engenheiros. Coisas complexas a que se dedicam.
Vá lá alguém entendê-los.
Vivem como seres à parte, que se assemelham ao nosso Departamento.
Adoram complicar. Adoram reunir-se.
Coisas anormais da vida, por amarem reuniões que acabam sempre com o bom-senso e paciência do mais paciente dos seres humanos.
Não me refiro a ti, claro.
Para mim, estás à parte, esclareça-se.
O José dava um "bom" Engenheiro. Frustações de infância, entendes? Sei que sim.
Olha tenho a creteza que a "bondade" que vai nele e no António Augusto, o Carq., davam para resolver o problema da primeira tentativa de erguer Ski Done.
Fizeram lá falta!
Excelente a nova versão no Dubai.
Foi obra deles? Dos dois "bonzinhos" que só pensam em damas? Para eles é e, será sempre, assunto a toda a hora. Até saturar!
Com estima.
Beijos.
Humilde Pena, com pena de não conseguir suportar as suas "brilhantes" conversas.

a. quelhas disse...

Pena: Não entro nessa guerra!

Anónimo disse...

É pena. Não era um pedido. Era um gesto de uma pessoa dedicada com uma característica importante: Não falha um comentário aqui, mesmo que o não leiam. Também é desinteressante,possívelmente.
Mais: amigo dos amigos, sincero nos actos e, talvez, com essa sinceridade como poucos, quando fala com o coração nas mãos.
Dedicação, amizade, onde estão?