22 setembro, 2015

Bom dia, cassiopeia espera-nos!


Oferece-me anéis, colares, pulseiras,
Joias douradas, cravejadas de todas as cores,
Jades, rubis e ametistas
E eu quero as estrelas,
Brilhos de sedas e cetins de noites escuras,
Bordados de lua cheia.
Oferece-me diamantes
E eu quero dançar,
pautas musicais, que só nós ouvimos,
flutuando num salão qualquer.
Oferece-me tanzanitas azuis,  
E eu quero o abraço da mesma cor,
Envolvente e único,
Nascendo da voz mais profunda do mundo:
- Bom dia, cassiopeia espera-nos!
AQ

2 comentários:

António Saraiva disse...

Não te vi, neste último espectáculo.

a. quelhas disse...

António, mas estava!!!! bj